Contrarreformas do Estado e a organização político-sindical dos assistentes sociais

Renata de Oliveira Cardoso

Resumo


Pretende-se neste trabalho realizar uma breve análise acerca dos processos de contrarreforma do Estado Brasileiro nas políticas públicas e seus impactos para a reorganização da classe trabalhadora nos dias atuais. Esta análise se dá a partir do estudo específico da Federação Nacional dos Assistentes Sociais (FENAS), além da análise sobre os limites e entraves para a reorganização político-sindical da categoria frente aos processos de reestruturação produtiva e crise do sindicalismo nacional.

Palavras-chave


Reformas do Estado; Políticas públicas; Reorganização dos trabalhadores; Serviço Social

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

Qualis: B2 (Serviço Social), B5 (Direito), B2 (Interdisciplinar) e B4 (Enfermagem)