SUAS, CRAS e controle social: um estudo sobre Londrina

Evelyn Secco Faquin, Maria Ângela Silveira Paulilo

Resumo


O presente trabalho busca discutir o Sistema Único de Assistência Social - SUAS e o controle social em Londrina/PR. Tem como objetivo principal analisar como é operacionalizado o controle social na Política de Assistência Social e, particularmente, no SUAS, a partir das unidades de Centro de Referência da Assistência Social - CRAS no município de Londrina/PR. Londrina conta hoje com doze unidades de CRAS. Foi utilizada a abordagem qualitativa e os dados foram coletados por meio de entrevistas semi-estruturadas junto às coordenadoras das unidades urbanas de CRAS. Optamos pelas unidades urbanas devido a melhor estruturação dos serviços prestados à população usuária. A partir da análise temática das falas das entrevistadas, pode-se concluir que o controle social é estimulado constantemente a partir dos CRAS; encontra-se em processo de consolidação e depende ainda de exaustivo trabalho profissional; e seu grande limite continua a ser o histórico, relacionado à caridade, ainda impregnado na Política de Assistência Social.

Palavras-chave


Política de assistência social; direitos; controle social; participação

Texto completo: Sem título

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

Qualis: B2 (Serviço Social), B5 (Direito), B2 (Interdisciplinar) e B4 (Enfermagem)