A Relação Estado e Sociedade Civil na Contemporaneidade

Rose Serra

Resumo


Este artigo aborda algumas tensões existentes na relação Estado e sociedade civil, a partir das transformações macro societárias resultantes dos ajustes neoliberais impostos pelo capital para os paises periféricos.Trata do público e do privado, da afirmação da esfera pública e da liberdade individual, uma unidade historicamente construída, unidade dicotomizada pela lógica do mercado, com a ausência da política e a decomposição da ética. Também tais mudanças provocaram alterações na função do Estado e na dinâmica da sociedade civil, entre elas, a desresponsabilização do Estado com a questão social com a transferência desta, em grande medida, para instituições da sociedade civil. Tal posição implicou no enxugamento das políticas sociais e na adoção prioritária de políticas de assistência social seletivas e focalistas, dirigidas aos segmentos mais pobres da população.


Palavras-chave


Estado; sociedade civil; políticas sociais; ajustes neoliberais; seletividade/focalização

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

Qualis: B2 (Serviço Social), B5 (Direito), B2 (Interdisciplinar) e B4 (Enfermagem)