Implementação de políticas públicas: as contribuições da nova sociologia econômica para uma perspectiva relacional

Bruno Monteiro Duarte

Resumo


O presente artigo busca contribuições para o entendimento sobre o processo de implementação de políticas públicas a partir de elementos que interferem na sua execução. Nesse sentido, o texto constrói três categorias analíticas, com base na Nova Sociologia Econômica, são elas: Redes, Instituições e Cognição. Isso se justifica, pois, a Nova Sociologia Econômica, enquanto uma teoria que pode ajudar a enxergar novas possibilidades, viabiliza uma abordagem mais relacional sobre o processo de análise da implementação de políticas, superando nesse quesito algumas outras teorias que ignoram tais fatores, como a da Escolha Racional, Neomarxista, Pluralista e Corporativista. Concluindo-se, a partir das categorias abordadas, as possibilidades de como os atores envolvidos podem influenciar a implementação e o funcionamento das políticas públicas.


Palavras-chave


Implementação de política pública; Nova Sociologia Econômica; Abordagem relacional.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

Qualis: B2 (Serviço Social), B5 (Direito), B2 (Interdisciplinar) e B4 (Enfermagem)