Educação inclusiva e Serviço Social: um debate necessário

Nilza Rogéria de Andrade Nunes, Nádia Xavier Moreira

Resumo


Este artigo objetiva evidenciar os direitos conquistados pelas pessoas com deficiência, fazendo uma breve contextualização histórica do processo de implementação da Educação Inclusiva no Brasil e o Serviço Social na Política de Educação. O primeiro eixo de análise diz respeito a uma concisa caracterização do movimento político das pessoas com deficiência no Brasil e as conquistas obtidas no que compreende ao acesso à educação regular. No segundo eixo busca-se refletir como o exercício profissional se apresenta no âmbito da Política de Educação, sobretudo, junto às pessoas com deficiência. Do ponto de vista metodológico, utilizou-se a pesquisa bibliográfica e análise documental. As conclusões apontam para a necessária apropriação desse debate pelo Serviço Social, alinhando o projeto ético político profissional e as premissas da Educação Inclusiva, através da qual se potencialize formas de sociabilidade mais humana e que reconheça as diferenças em sua perspectiva plural e diversa.

Palavras-chave


Deficiência; Educação Inclusiva; Serviço Social

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

Qualis: B2 (Serviço Social), B5 (Direito), B2 (Interdisciplinar) e B4 (Enfermagem)