A seguridade social no Brasil na contramão do capitalismo contemporâneo financeirizado

Marcos Henrique do Espirito Santo, Áquilas Nogueira Mendes

Resumo


Este artigo analisa a disputa pelos recursos do fundo público no Brasil, especialmente o Orçamento da Seguridade Social (OSS) na contemporaneidade. Apresenta o cenário da seguridade social enquanto política criada na contramão do movimento global do capitalismo, sob a predominância do capital portador de juros. Por fim, analisa a evolução do OSS, identificando suas contradições num quadro de ataque ao nosso sistema de proteção social e sua relação com a política econômica brasileira.


Palavras-chave


capitalismo financeirizado. seguridade social. política social.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

Qualis: B2 (Serviço Social), B5 (Direito), B2 (Interdisciplinar) e B4 (Enfermagem)