Território, Criminalidade e Tráfico de Drogas Ilícitas em Montes Claros/MG

Pedro Ivo Jorge Gomes, Julio Cesar de Lima Ramires

Resumo


A violência urbana, manifestamente pública e gratuita tem mudado o padrão de sociabilidade dos citadinos. A cidade é um espaço cada vez mais privado na esperança de reduzir os riscos de vitimização, em função do medo da violência que segrega e distancia as classes na expectativa de escamoteá-la. Entretanto, a violência, possui muitas facetas e, de uma forma ou de outra, estará sempre presente enquanto produto do atrito social. É no contexto urbano e utilizando o tráfico de drogas como pano de fundo que este trabalho fez considerações acerca da territorialização da violência em Montes Claros-MG. O objetivo foi analisar a dinâmica do tráfico de drogas ilícitas a partir das concepções de território, observando em que medida a apropriação do espaço contribui para uso da violência, sobretudo, nas disputas interpessoais. Metodologicamente, buscou-se a partir de técnicas quanti-qualitativas proceder a espacialização de indicadores criminais, delimitando e hierarquizando territórios da violência no espaço urbano. A partir da abordagem qualitativa buscou-se organizar e analisar dados juntos às Polícias Civil e Militar, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística -IBGE, Fundação João Pinheiro e do Sistema de Informações de Mortalidade do Ministério da Saúde - SIM. A parte qualitativa foi introduzida pela oportunidade de miscigenação entre o conhecimento dos informantes da pesquisa e os dados oficiais. A cidade de Montes Claros foi tomada como objeto de observação em função de um conjunto de condicionantes, dos quais seu porte médio, sua importância no contexto regional e suas disparidades socioeconômicas se destacaram. Os resultados apontam para existência de múltiplas territorialidades da violência envolvendo o tráfico de drogas ilícitas no espaço urbano. As disputas territoriais por parte dos traficantes têm vitimado pessoas com características socioeconômicas e origem espacial urbana semelhantes. Na luta pelo poder, territórios são criados e destruídos pelo dinamismo das fronteiras estabelecidas a partir coesão e/ou ruptura dos interesses dos envolvidos.


Palavras-chave


Tráfico de drogas. Território. Violência urbana. Criminalidade. Montes Claros-MG

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

Qualis: B2 (Serviço Social), B5 (Direito), B2 (Interdisciplinar) e B4 (Enfermagem)