O impacto do financiamento educacional na melhoria da qualidade do ensino, nos estados da Bahia, Ceará e Pernambuco nos anos de 2005 a 2013

Iara da Paixão Corrêa Teixeira, Andre Nunes, Alexandre Nascimento de Almeida

Resumo


O artigo analisa o impacto do investimento na educação, na rede estadual de ensino dos estados da Bahia, Ceará e Pernambuco nos anos de 2005 a 2013. A pesquisa teve como base teórica a legislação sobre o financiamento educacional, principalmente a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB e as leis que instituíram o FUNDEF e o FUNDEB. Para tanto, analisou os dados referentes à despesa empenhada na função educação, modalidade Ensino Médio, relacionando ao número de alunos matriculados e comparando com o Ideb, proxy de qualidade empregada. O principal objetivo foi verificar se o aumento do investimento em educação impactou na melhoria do ensino. Os resultados apontam para a não existência de causalidade entre investimento e melhoria da qualidade. Os dados indicam que o problema não está na falta de investimento, mas na forma como os recursos são aplicados.


Palavras-chave


Financiamento Educacional, FUNDEB, Ideb, Qualidade do Ensino

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

Qualis: B2 (Serviço Social), B5 (Direito), B2 (Interdisciplinar) e B4 (Enfermagem)