A Ciência como Movimento Social-Ideológico na Modernidade: O uso da ciência para manutenção da ideologia capitalista atual

Alexandre Neves Sapper

Resumo


No contexto desenvolvimentista que se apresenta como religião nos dias atuais, a ciência se apresenta como requisito essencial para sobrevivência e manutenção de imagem favorável dos Estados no cenário internacional. Neste é propícia a proliferação e manutenção de uma ideologia de desenvolvimento e acréscimo dos saberes, conclusões e inovações científicas em todos os campos, negligenciando o seu porquê em detrimento do desenvolvimento do capital que surge em detrimento de patentes e inovações a que os cientistas se submetem. Assim, se realiza uma ciência sem consciência, fato grosseiramente gritante nos dias em que se abordam temas novos, como a Bioética e o Biodireito, gamas estas imprescindíveis de caráter científico para a sua aceitação universal.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.