The genesis of religious thought in childhood - I. A Piagetian perspective

Paulo L.R. Sousa, Flávio M. Oliveira, Cristina L. Horta, Fernanda R. Sousa, Amélia S. Torres, Elisandra C. Pinheiro

Resumo


Vários pesquisadores têm destacado a importância da religiosidade em diferentes fases da vida, mas a maioria dos estudos examina somente o período adulto e mais velho. O delineamento básico de pesquisa dos autores deste ensaio aponta para os desenvolvimentos teóricos, desde um ponto de vista de Piaget, relacionando-os com as origens do pensamento religioso na criança e no adolescente. Utilizando-se do modelo de Elkind como ferramenta de compreensão do desenvolvimento da religiosidade, os autores destacam quatro diferentes níveis de capacidades cognitivas – conservação, representação, relação, compreensão (seguindo um marco conceitual piagetiano), formulando a hipótese de que cada novo nível cognitivo alcançado pela criança/adolescente, cria uma nova condição para uma resposta religiosa criativa, caso a criança esteja em contato com um ambiente espiritual-religioso coerente.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.