A leitura de dicionários em sala de aula: perspectiva discursiva

Maria Cláudia Teixeira, Maria Cleci Venturini

Resumo


No presente artigo, empreendemos a análise do manual do Pró-letramento: “Alfabetização e linguagem” e o nosso recorte é o imaginário do objeto discursivo dicionário, tomado como uma ferramenta de ensino, discursiva e historicamente constituída. A abordagem discursiva ancora-se nas reflexões em torno do sentido das palavras propostas pela Análise de Discurso, teoria segundo a qual o sentido depende de sujeitos, da inscrição deles em formações discursivas e das condições de produção, em sentido restrito e amplo em que as palavras funcionam/significam no discurso em circulação. Nosso objetivo, a partir desse corpus, é identificar como o dicionário é designado e como seu funcionamento é descrito nas atividades propostas. Instaurando um imaginário de dicionário, propomos, ainda, atividades, nas quais essa ferramenta funciona discursivamente.

Palavras-chave


Análise de Discurso; dicionários; leitura; Ensino Fundamental

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Qualis: A1 (Letras)

ISSN (impresso):1415-1928

ISSN (digital): 1983-2400

Indexadores: Modern Language Association of America, Cambridge Scientific Abstracts, Latindex, EBSCO Publishing e Linguistics Abstracts.