Diagnóstico e análise dos problemas da escrita acadêmica de estudantes de Pedagogia

Magda Floriana Damiani, Clarice Vaz Peres Alves, Lourdes Maria Bragagnolo Frison, Rejane Flor Machado

Resumo


O artigo apresenta diagnóstico dos problemas de escrita acadêmica em turma de Pedagogia. Respostas curtas a uma pergunta sobre determinado tópico teórico, estudado em uma disciplina, foram submetidas a análises de conteúdo e linguística, revelando que a maioria não a respondeu adequadamente. Os principais problemas linguísticos encontrados foram: pontuação, ausência de paralelismo nas construções frasais e impropriedade vocabular. A apreciação detalhada de duas respostas, escolhidas ao acaso, visando a examinar a lógica de produção da escrita, sugere que as estudantes não refletiram sobre o que escreveram, tanto no que se refere à organização semântica quanto à organização linguística. Elas pareciam não ter claro que escrever é um processo de resolução de problemas, fato que pode ter contribuído para a produção de textos sem a qualidade esperada para futuras profissionais que serão responsáveis pelo ensino da escrita e seu aperfeiçoamento em crianças e adultos.

Palavras-chave


Escrita acadêmica; psicologia da escrita; linguística

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Qualis: A1 (Letras)

ISSN (impresso):1415-1928

ISSN (digital): 1983-2400

Indexadores: Modern Language Association of America, Cambridge Scientific Abstracts, Latindex, EBSCO Publishing e Linguistics Abstracts.