“¿ Lo ajeno, más que lo próprio parece bueno?" Um estudo das atitudes dos professores de espanhol como LE no Rio de Janeiro

Maria del Carmen F. González Daher, Vera Lúcia de A. Sant'anna

Resumo


O trabalho analisa a questão da reprodução cultural socialmente construída por professores de língua estrangeira. Para o levantamento das atitudes dos professores de espanhol frente à língua que ensinam, as autoras utilizaram um questionário baseado em LOPES (1982), com professores brasileiros, de 3º grau, em três universidades públicas do Rio de Janeiro. A análise dos dados mostrou uma dificuldade de passar aos alunos uma visão realmente isenta e aberta ao outro. Constatou-se, ainda, que as manifestações da cultura espanhola aparecem num nível hierárquico superior às da América Hispânica.


Palavras-chave


ensino de espanhol, atitude de professores, atitude de alunos, línguas estrangeiras, cultura da língua estrangeira

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Qualis: A1 (Letras)

ISSN (impresso):1415-1928

ISSN (digital): 1983-2400

Indexadores: Modern Language Association of America, Cambridge Scientific Abstracts, Latindex, EBSCO Publishing e Linguistics Abstracts.