O sujeito do samba-enredo

Elsa Maria Nitsche Ortiz

Resumo


O trabalho analisa, sob a perspectiva da análise do discurso, as estratégias lingüísticas usadas pelo sujeito do samba-enredo na tentativa de sua própria opacificação para burlar a censura imposta pelo regime da ditadura no Brasil, no período de 1964 a 1989. O sujeito do samba-enredo é definido não como um indivíduo que ocupa uma forma vazia da formação discursiva a que está assujeitado, mas como uma voz anônima e coletiva da própria formação ideológica carnavalesca. Partindo de um perspectiva foucaultiana, o trabalho esquematiza os lugares enunciativos ocupados pelo sujeito do samba-enredo, através dos quais ele se apresenta e constrói concomitantemente a representação do outro, de acordo com as referências espaço-temporais em que os sambaenredo atuam: o Carnaval, o Cotidiano e o Passado.


Palavras-chave


análise do discurso, estratégias discursivas, carnaval

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Qualis: A1 (Letras)

ISSN (impresso):1415-1928

ISSN (digital): 1983-2400

Indexadores: Modern Language Association of America, Cambridge Scientific Abstracts, Latindex, EBSCO Publishing e Linguistics Abstracts.