Padrões de oralidade presentes na explicação de textos na sala de aula

Maria Auxiliadora Bezerra

Resumo


A língua falada e a escrita são consideradas como um continuum, em cujas extremidades encontramos os textos típicos de cada uma dessas modalidades, incluindo uma escala gradativa de formalismo. Assim, parece não serem as modalidades de língua, mas os tipos de textos e suas situações que determinam esse formalismo gradativo; daí a presença de traços informais em um discurso formal poder causar estranhamento. Este artigo objetiva mostrar como características da oralidade informal permeiam o discurso do professor de português no evento comunicativo de explicação de textos formais. Essas características, embora possam significar uma proximidade entre professor e aluno, podem também sinalizar uma falta de domínio da norma culta por parte do professor e, conseqüentemente, mais uma dificuldade para o ensino do texto escrito padrão.


Palavras-chave


Padrões de oralidade, explicação de textos, escrita formal

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Qualis: A1 (Letras)

ISSN (impresso):1415-1928

ISSN (digital): 1983-2400

Indexadores: Modern Language Association of America, Cambridge Scientific Abstracts, Latindex, EBSCO Publishing e Linguistics Abstracts.