O professor de inglês Entre a alienação e a emancipação

Maria Inês Pagliarini Cox, Ana Antônia de Assis-Peterson

Resumo


Recentemente, alguns estudiosos no campo de ensino de língua inglesa começaram a questionar a ausência de uma visão crítica acerca do papel do inglês. Questionam principalmente a alegada neutralidade do inglês como língua internacional. Anseiam por uma pedagogia crítica emancipatória e transformadora. Este trabalho pretende investigar em que medida o discurso da pedagogia crítica se faz presente no cotidiano do ensino de inglês. O que sabem professores de inglês sobre a pedagogia crítica? Como se vêem como professores de inglês? Com este estudo, pretendemos intensificar a discussão da pedagogia crítica que introduz no escopo do ensino de inglês como língua estrangeira questões substancias até então negligenciadas no Brasil.


Palavras-chave


pedagogia crítica, ensino de inglês, linguagem e poder

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Qualis: A1 (Letras)

ISSN (impresso):1415-1928

ISSN (digital): 1983-2400

Indexadores: Modern Language Association of America, Cambridge Scientific Abstracts, Latindex, EBSCO Publishing e Linguistics Abstracts.