Perfil sociolingüístico de uma comunidade bilíngüe da zona rural de Goiás

Heloísa Augusta Brito de Mello

Resumo


Neste trabalho analiso a situação sociolingüística de uma comunidade bilíngüe cujos primeiros membros imigraram da América do Norte para uma área rural situada na região sudoeste do Estado de Goiás trinta anos atrás. Minha intenção foi compreender o papel do inglês e do português, as duas línguas faladas na comunidade, com vistas a identificar os domínios lingüísticos que essas línguas ocupam, as atitudes lingüísticas de seus falantes e as políticas lingüísticas que o grupo adota. Seguindo uma metodologia qualitativa/etnográfica, os dados foram coletados com o auxílio de instrumentos do tipo questionários, entrevistas e observações no local. Os resultados sugerem que: (a) os domínios lingüísticos estão claramente definidos; (b) eles demonstram atitudes positivas em relação ao bilingüismo e às línguas que falam; (c) a política lingüística deles tem contribuído para manutenção do inglês e aquisição do português.


Palavras-chave


bilingüismo, atitudes lingüísticas, políticas lingüísticas

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Qualis: A1 (Letras)

ISSN (impresso):1415-1928

ISSN (digital): 1983-2400

Indexadores: Modern Language Association of America, Cambridge Scientific Abstracts, Latindex, EBSCO Publishing e Linguistics Abstracts.