Multiletramentos no ensino de língua inglesa em um contexto de vulnerabilidade social

Rayane Isadora Lenharo, Vera Lúcia Lopes Cristovão

Resumo


A constante incorporação das tecnologias e mídias digitais ao dia a dia da comunicação humana provoca impactos no aprendizado dos alunos, uma vez que diversas habilidades são estimuladas ao se lidar com os aparelhos tecnológicos. A utilização de smartphones por jovens de todas as classes sociais indica a importância de tal aparelho na atualidade. Tendo em vista esta tendência, faz se necessário pensar em iniciativas que tentem aliar os multiletramentos que fazem parte da vida dos alunos fora da escola às práticas vivenciadas em sala de aula. O objetivo desse estudo é o de investigar a relação entre os multiletramentos e uma sequência didática (SD) (DOLZ; SCHNEUWLY, 2004) desenvolvida em um contexto de vulnerabilidade social. Os dados são provenientes da análise documental da SD elaborada. A SD foi desenvolvida em torno do gênero canção-rap e da mídia blog, e procurou, além de mobilizar as capacidades de linguagem dos alunos em língua inglesa, estimular o desenvolvimento de consciência crítica e participação social (BRAGA, 2010). As atividades da SD foram nomeadas e classificadas de acordo com as quatro categorias da pedagogia dos multiletramentos (GRUPO DE NOVAS LONDRES, 2000): Prática Situada, Instrução Explícita, Posicionamento Crítico e Prática Transformada. A análise indicou que a SD apresentou mais atividades de Posicionamento Crítico em relação às demais, por conta do foco adotado pela SD. As conclusões apontam para um possível engajamento motivado pela utilização de multiletramentos, uma vez que tais elementos não eram frequentemente incorporados às aulas de língua inglesa vivenciadas pelos alunos em contexto formal.


Palavras-chave


Multiletramentos; Língua Inglesa; Vulnerabilidade Social

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Qualis: A1 (Letras)

ISSN (impresso):1415-1928

ISSN (digital): 1983-2400

Indexadores: Modern Language Association of America, Cambridge Scientific Abstracts, Latindex, EBSCO Publishing e Linguistics Abstracts.