As crenças e os sistemas de crenças do professor de Inglês sobre o ensino e a aprendizagem da língua estrangeira no sul do Brasil: sistemas, origens e mudanças

Elisabeth Kudiess

Resumo


Este estudo descreveu e interpretou as crenças do professor de inglês sobre o ensino e a aprendizagem da língua estrangeira, particularmente, sobre o ensino da gramática. Buscou conhecer a origem das crenças e os fatores de formação, as influências na prática do professor, a organização em sistemas individuais de crenças e a cultura de ensino. Participaram desta investigação dez professores de inglês de escolas particulares de línguas do sul do Brasil. A pesquisa utilizada foi de natureza etnográfica, e as técnicas de coleta de dados foram as entrevistas e as observações de aula. Concluiu-se que as crenças são originadas a partir de experiências significativas vividas pelos professores, principalmente como alunos de LE e como professores em sala de aula, e que eles, compartilhando ou não estas crenças, pertencem a uma cultura de ensino comum, a cultura de ensino da língua inglesa.


Palavras-chave


crenças e sistemas de crenças, conhecimento, inglês como língua estrangeira (LE), cultura de ensino, ensino centrado na forma

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Qualis: A1 (Letras)

ISSN (impresso):1415-1928

ISSN (digital): 1983-2400

Indexadores: Modern Language Association of America, Cambridge Scientific Abstracts, Latindex, EBSCO Publishing e Linguistics Abstracts.