Reflexões sobre ensino de línguas materna e estrangeira no Brasil: aproximações, distanciamentos e contradições

Daiana Campani

Resumo


Este artigo apresenta algumas reflexões relacionadas ao ensino de língua materna (LM) e de língua estrangeira (LE) em nosso país, apontando aproximações, distanciamentos e contradições nessas áreas. A partir de uma revisão de trabalhos de autores que se dedicam à realidade do ensino de línguas, o artigo tece algumas considerações sobre o fato de que, apesar de consideráveis avanços nas pesquisas nas duas áreas, esses progressos não conseguem chegar, de fato, à sala de aula nas escolas formais, e as aulas ainda são pautadas mais em prescrição do que em interação. Diante dessa realidade, o texto procura refletir sobre possíveis caminhos que possam ser seguidos pelo professor, considerando a realidade apontada.


Palavras-chave


língua materna; língua estrangeira; ensino

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Qualis: A1 (Letras)

ISSN (impresso):1415-1928

ISSN (digital): 1983-2400

Indexadores: Modern Language Association of America, Cambridge Scientific Abstracts, Latindex, EBSCO Publishing e Linguistics Abstracts.