Ensino de gramática no cenário atual: impactos de princípios e parâmetros ao longo de três décadas

Rosana Ferreira Alves

Resumo


Discute-se, por meio de abordagem qualitativa, pautando-se em questões de avaliações discentes, como o ensino de gramática tem sido abordado em sala de aula, e, sobretudo, apresentam-se indicativos que podem colaborar para a melhoria da qualidade didático-pedagógica do trabalho, considerando parâmetros estabelecidos nas três últimas décadas. Para tanto, pautam-se em pesquisas sobre o assunto em Pedagogia e Linguística - Teórica e Aplicada (GERALDI, 1984; NEVES, 1990; PERINI, 1995; TRAVAGLIA, 2007, 2009 e 2010; CABRAL, 2015, dentre outros). As avaliações analisadas evidenciam presença predominante de abordagem normativa (identificação e classificação de categorias gramaticais). Entretanto, para colaborar com a mudança no rumo do ensino de gramática, propõe-se que as atividades de ensino e de aprendizagem devem levar em consideração o predomínio de práticas que envolvam: (i) trabalho com o texto (oral, escrito e de diversos gêneros); (ii) reflexões por meio de análise linguística; e (iii) realização de pesquisas que ultrapassem o âmbito do diagnóstico, de modo a colaborar com o processo de formação continuada dos profissionais.


Palavras-chave


Ensino de Gramática; Análise Linguística; Texto

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Qualis: A1 (Letras)

ISSN (impresso):1415-1928

ISSN (digital): 1983-2400

Indexadores: Modern Language Association of America, Cambridge Scientific Abstracts, Latindex, EBSCO Publishing e Linguistics Abstracts.