A produção de aspectos fonético-fonológicos da segunda língua: instrução explícita e conexionismo

Márcia Cristina Zimmer, Ubiratã Kickhöfel Alves

Resumo


A partir de uma concepção de cognição conexionista, este trabalho focaliza o papel da instrução explícita no sentido de minimizar as formas desviantes das tidas como alvo durante a produção fonético-fonológica em L2. Tais formas são decorrentes do entrincheiramento da experiência do falante com os inputs da L1 e da L2, experiência essa que origina generalizações do conhecimento da L1 para a L2, tanto no que diz respeito ao conhecimento fonético-fonológico de uma língua para outra, como no que concerne à transferência grafo-fônico-fonológica da língua materna para a língua estrangeira. Esses dois tipos de transferência serão discutidos a partir de dados empíricos encontrados por Alves (2004) e Zimmer (2004).


Palavras-chave


cognição e aquisição de L2; produção oral em L2; aquisição fonético-fonológica em L2; conexionismo

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Qualis: A1 (Letras)

ISSN (impresso):1415-1928

ISSN (digital): 1983-2400

Indexadores: Modern Language Association of America, Cambridge Scientific Abstracts, Latindex, EBSCO Publishing e Linguistics Abstracts.