Argumentação e apropriação ortográfica em crianças com distúrbio de leitura-escrita

Tícia Cassiany Ferro Cavalcante

Resumo


Muitos estudos acerca da aquisição ortográfica têm percebido que os aprendizes passam por diversas dificuldades na apropriação das regras ortográficas. O presente estudo teve como objetivo investigar a influência do discurso argumentativo na construção das regras ortográficas dos contextos do R e do RR. Participaram da presente investigação oito crianças de 7 a 11 anos, com distúrbio de leitura-escrita, em atendimento na clínica fonoaudiológica, sendo constituídos de dois grupos: Experimental e Controle. Os dois grupos foram solicitados a participar de ditados de palavras, em dois momentos distintos: no pré-teste e no pósteste. Somente o grupo experimental participou da intervenção, atividade alternativa, favorecida pela emergência da argumentatividade. Os resultados demonstraram que as crianças do grupo experimental avançaram na apropriação dos contextos do R e do RR após a realização da intervenção.


Palavras-chave


distúrbio de leitura-escrita; ortografia; argumentação

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Qualis: A1 (Letras)

ISSN (impresso):1415-1928

ISSN (digital): 1983-2400

Indexadores: Modern Language Association of America, Cambridge Scientific Abstracts, Latindex, EBSCO Publishing e Linguistics Abstracts.