La oralidad en el proceso de enseñanza y aprendizaje del español como lengua extranjera: algunas reflexiones

Gretel Eres Fernández, Alexandra Sin Maciel

Resumo


Neste estudo nos centraremos em alguns fatores que favorecem ou interferem no desenvolvimento da expressão oral espontânea dos estudantes brasileiros de espanhol. Para isto, partimos de um breve panorama histórico sobre alguns dos métodos mais consagrados para o ensino e aprendizagem de línguas estrangeiras com o propósito de revisar o papel da língua oral em cada um deles. Com esse mesmo objetivo, na seqüência delineamos algumas considerações sobre a Competência Comunicativa e sobre o Enfoque Comunicativo de forma a poder sintetizar a importância dos estudos relacionados a Análise de Erros e Interlíngua no que se refere à expressão oral.

Palavras-chave


oralidade em espanhol; oralidade em língua estrangeira; dificuldades em espanhol; ensino e aprendizagem de espanhol

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Qualis: A1 (Letras)

ISSN (impresso):1415-1928

ISSN (digital): 1983-2400

Indexadores: Modern Language Association of America, Cambridge Scientific Abstracts, Latindex, EBSCO Publishing e Linguistics Abstracts.