Perfil lexical de redações de futuros professores de língua inglesa: um estudo de caso

Eduardo Batista da Silva

Resumo


O Exame de Proficiência para Professores de Língua Estrangeira (EPPLE) apresenta-se como um recurso para avaliar a competência linguística em língua inglesa de futuros professores. A orientação teórica aqui utilizada baseia-se na Linguística Aplicada, na Linguística de Corpus e na Lexicologia. O objetivo geral deste trabalho é discutir a aplicação do EPPLE como um instrumento de avaliação da qualidade de produção linguística escrita dos futuros professores de língua inglesa. O objetivo específico é apresentar dados obtidos a partir da análise de redações. Quanto à metodologia, foram analisadas 18 redações em língua inglesa escritas por alunos do 4° ano de Letras de uma universidade pública do estado de São Paulo. Todas as redações foram digitalizadas e a análise linguístico-estatística realizada pelo software VocabProfile. Os resultados apontam que as redações dos formandos analisados possuem um vocabulário considerado satisfatório com o seguinte perfil lexical: K1: 85,3%; K2: 2,75%; AWL: 5,75 e OFF:6,2%.

 


Palavras-chave


EPPLE; avaliação; redações; vocabulário; língua inglesa

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Qualis: A1 (Letras)

ISSN (impresso):1415-1928

ISSN (digital): 1983-2400

Indexadores: Modern Language Association of America, Cambridge Scientific Abstracts, Latindex, EBSCO Publishing e Linguistics Abstracts.