Leitura e escrita de gêneros textuais em livro didático de espanhol

Carolina Fantini de Souza Carneiro, Elzimar Goettenauer de Marins-Costa, Karen Caroline Fernandes

Resumo


Este artigo resulta de um projeto de Iniciação Científica realizado durante o ano de 2013. Nossa proposta é refletir sobre a importância de um trabalho baseado em gêneros textuais no ensino/aprendizagem de espanhol na educação formal, por meio da análise das seções de compreensão e produção escrita da coleção Cercanía (COIMBRA; CHAVES; ALBA, 2012). Partimos do pressuposto que o material didático, sendo a principal ferramenta utilizada em sala de aula, deve propiciar aos alunos os recursos para participar de situações de interação na língua que está estudando. Por essa razão,  consideramos que o desenvolvimento das habilidades de leitura e produção textual, a partir do trabalho com gêneros, pode proporcionar a explicitação e o uso desses recursos. Tomamos como referência os Parâmetros Curriculares Nacionais para o 3º e 4º ciclos do Ensino Fundamental (BRASIL, 1998), o edital do Programa Nacional do Livro Didático (BRASIL, 2011), e autores tais como Antunes (2003), Dell’Isola (2007; 2009) e Marcuschi (2006; 2008).

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Qualis: A1 (Letras)

ISSN (impresso):1415-1928

ISSN (digital): 1983-2400

Indexadores: Modern Language Association of America, Cambridge Scientific Abstracts, Latindex, EBSCO Publishing e Linguistics Abstracts.