O diário de leitura como instrumento para o desenvolvimento da leitura e do próprio professor em formação continuada

Lília Santos Abreu-Tardelli

Resumo


O presente artigo tem por objetivo apresentar o gênero diário de leitura enquanto um instrumento psicológico que pode ser usado para o desenvolvimento pessoal/profissional do professor em formação continuada. Partimos do quadro epistemológico ao qual nos filiamos, o interacionismo sociodiscursivo, para situarmos o trabalho com o diário de leitura no referido quadro. Em seguida, apresentamos os resultados de análises de diários escritos por professores em formação continuada. A partir das conclusões desses resultados e amparados pelo quadro teórico-metodológico da compreensão do trabalho docente, propomos o uso e o estudo desse gênero não apenas para o desenvolvimento das capacidades leitoras, mas também como um instrumento que possibilita revelar dúvidas, questionamentos e reflexões do professor em formação continuada.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Qualis: A1 (Letras)

ISSN (impresso):1415-1928

ISSN (digital): 1983-2400

Indexadores: Modern Language Association of America, Cambridge Scientific Abstracts, Latindex, EBSCO Publishing e Linguistics Abstracts.