Análise de discurso multimodal: o uso de topologias em infográfico digital do New York Times

Francis Arthuso Paiva

Resumo


O objetivo deste artigo é analisar em que medida o produtor de um premiado infográfico digital do The New York Times errou na articulação das topologias a outros modos no discurso multimodal que pretendeu construir. Confrontamos a metodologia apresentada por Rojo (2013) com a proposta de análise do discurso multimodal a partir dos quatro estratos propostos discurso, design, produção e distribuição de Kress e van Leeuwen (2001), que foi nossa opção metodológica. A análise apontou para falhas no estrato da produção no momento de articular as topologias com a linha do tempo, modos selecionados no estrato do design. Essa falha foi influenciada por outros estratos, sobretudo, o do discurso de orientação ao conhecimento que esse infográfico realizava em um letramento multimidiático.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Qualis: A1 (Letras)

ISSN (impresso):1415-1928

ISSN (digital): 1983-2400

Indexadores: Modern Language Association of America, Cambridge Scientific Abstracts, Latindex, EBSCO Publishing e Linguistics Abstracts.