Inovações e conflitos na Proposta Curricular de SC: perspectivas na formação de professores

Maria Marta Furlanetto

Resumo


Este trabalho trata de algumas questões associadas à linguagem no contexto social e outras relacionadas ao ensino e à aprendizagem de língua portuguesa como língua materna. Reflito sobre certas questões vinculadas à tradição de conceber a “unidade lingüística” nacional no contexto das normas sociais e aos meios correntemente utilizados para ensinar língua. Ponho o foco sobre os aportes da Proposta Curricular de Santa Catarina (PC-SC), levando em conta as políticas de educação lingüística. Apresento também alguns desafios e perspectivas para a validade e continuidade das diretrizes
postas nesse documento, especialmente com vistas à formação docente, a partir de avaliações já efetuadas e de investigações educacionais em contextos mais abrangentes.


Palavras-chave


ensino-aprendizagem; língua portuguesa; desafios; perspectivas

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Qualis: A1 (Letras)

ISSN (impresso):1415-1928

ISSN (digital): 1983-2400

Indexadores: Modern Language Association of America, Cambridge Scientific Abstracts, Latindex, EBSCO Publishing e Linguistics Abstracts.