Análise de Expressões Idiomáticas italianas com as lexias capo e testa e seu correspondente cabeça, em língua portuguesa

Ariane Lodi, Marilei Amadeu-Sabino

Resumo


O presente trabalho tem por objetivo investigar as Expressões Idiomáticas (EIs) ou combinatórias relacionadas às lexias italianas testa e capo, comparativamente com a lexia portuguesa cabeça. Por serem de étimos diferentes, testa e capo não são sinônimos perfeitos; ao contrário, deram origem a várias expressões que são próprias de cada lexia. Para isso, selecionamos o corpus em dicionários italianos monolíngües de língua geral e, em seguida, classificamos as ocorrências conforme a tipologia na qual se encaixam: EIs existentes apenas com capo, ou apenas com testa, EIs com sinônimos em capo e testa, e EIs cujas traduções fazem referência a outras partes do corpo. Como resultado, verificamos que a maior parte das EIs com capo ou testa possuem semas que lhes são comuns, mas que boa parte delas também são específicas de uma ou outra lexia, exclusivamente, confirmando a diferença de traços semânticos entre elas e a não-univocidade entre as línguas.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Qualis: A1 (Letras)

ISSN (impresso):1415-1928

ISSN (digital): 1983-2400

Indexadores: Modern Language Association of America, Cambridge Scientific Abstracts, Latindex, EBSCO Publishing e Linguistics Abstracts.